RUBENS TEIXEIRA

Rio Pipeline encerra sua maior edição

Pipeline 2009Rubens Teixeira esteve no evento

A Rio Pipeline 2009 Conference e Exposition terminou com recorde de público e de trabalhos apresentados. Nesta sétima edição do evento, que acontece em todos os anos ímpares, foram 1.300 conferencistas, um crescimento de 10% em relação ao evento de 2007. Aumentou também a internacionalização: 25% dos conferencistas eram estrangeiros. Na feira, que acontece paralelamente, foram 120 expositores e 3.000 visitantes nos três dias.

O evento teve intensa participação da Transpetro, empresa de logística que opera dutos da Petrobras. Na primeira fileira os diretores da Transpetro Marcelo Renno, de Gás Natural, Cláudio Campos, de Terminais e Oleodutos e Rubens Teixeira, Financeiro e Administrativo. Ao seu lado, o Gerente Execuivo de Dutos e Terminais Terrestres Charles Labrunie.

O coordenador do comitê organizador, Marcelo Rennó destacou, no encerramento, o rápido crescimento do evento, que começou em 1997. Rennó ressaltou os novos temas que passaram a fazer parte da conferência, além do setor de petróleo e gás, como os dutos para o escoamento de minério e de etanol: “Tivemos temas novos que atraíram muitos participantes como os trabalhos sobre minerodutos e etanodutos, além da responsabilidade social”.

O presidente do IBP, João Carlos de Luca, destacou o momento importantíssimo da indústria do petróleo e gás em que o evento ocorre. “Mesmo sem contar os investimentos que virão com o pré-sal, a indústria já vive um grande momento, com investimentos tremendos”, destacou.
Em relação aos projetos de lei em discussão para a nova regulamentação da exploração e produção de petróleo e gás na área do pré-sal, De Luca marcou a posição do IBP, mostrando-se contrário à proposta de se estabelecer a Petrobras como a única operadora do pré-sal. “Nosso entendimento é de que há espaço para todos os agentes”. De Luca se mostrou otimista sobre as discussões dos projetos de lei que estão sendo travadas no Congresso Nacional. “Começo a sentir que tem espaço para a busca de uma convergência, um aprimoramento dos projetos de lei”, afirmou.

Na cerimônia de encerramento o gerente-executivo de Logística e Participações em Gás Natural da Petrobras, André Cordeiro, apresentou palestra sobre o sistema brasileiro de transporte de gás e os planos de investimentos da companhia no setor. A Petrobras prevê investir US$ 11,8 bilhões no período de 2009 a 2013 no transporte de gás (gasodutos, estações de compressão e unidades de gaseificação de Gás Natural liquefeito – GNL), o que corresponde a 7% do total de investimentos da empresa para o período.
O Rio Pipeline 2009 é organizado pelo IBP e tem a parceria da American Society os Mechanical Engeneering –Asme (Sociedade Americana de Engenharia Mecânica). O presidente da Asme, Robert Simmons, também participou do encerramento e convidou os participantes para a International Pipeline Conference, que é realizada nos anos pares em Calgary, no Canadá.
Ainda na cerimônia de encerramento, o diretor-presidente da Refinaria Abreu Lima, Marcelino Guedes, foi homenageado por ter sido um dos idealizadores da Rio Pipeline e pela contribuição que deu ao evento desde sua primeira edição, em 1997.

Fonte: http://www.ibp.org.br

Anúncios

Arquivado em:Evento,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter @Rubens Teixeira

Documentário

Redes Sociais

twitter

youtube

orkut

facebook

Programa do Faustão (Globo)

Descriminalização das drogas (Opinião)

PLC 122 (Opinião)

Entrevista ao Jornal Folha Dirigida

logocorrupcao2007
banner_tcp

Mais Avaliados

%d blogueiros gostam disto: