RUBENS TEIXEIRA

Cidade da Música: pressa levou a erros

A prefeitura do Rio de Janeiro realizou auditoria nas obras da Cidade da Música e aponta irregularidades. Quem reforçou o coro de acusações foi o arquiteto responsável pelo projeto, o francês Christian de Portzamparc. Segundo o profissional, o ex-prefeito César Maia ignorou advertências de seu escritório.  acusou a gestão do ex-prefeito Cesar Maia de ter ignorado advertências de seu escritório. Seus técnicos teriam sido impedidos a entrar no local devido à pressa do então prefeito.

O atual prefeito e alguns membros do legislativo municipal parecem estar inclinados a dar conseqüência aos fatos.

Anúncios

Arquivado em:Saiu na Imprensa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Twitter @Rubens Teixeira

Documentário

Redes Sociais

twitter

youtube

orkut

facebook

Programa do Faustão (Globo)

Descriminalização das drogas (Opinião)

PLC 122 (Opinião)

Entrevista ao Jornal Folha Dirigida

logocorrupcao2007
banner_tcp

Mais Avaliados

%d blogueiros gostam disto: